domingo, 30 de março de 2008

Dúvida

O que estarão ambos a ver?
Não sei.
Partilham a mesma expressão.
Partilharão a mesma emoção?!

6 comentários:

Anónimo disse...

Parecem ambos assustados e, ao mesmo tempo, reconfortados pelo abraço que os une...
Eu

Anónimo disse...

Um dia destes, vou procurar no meu baú o escrito que me fez nascer «Eu» e partilhá-lo convosco.
Está repleto de emoções adolescentes, talvez jovens já... Foi há muito tempo que me tornei «Eu», embora neste blog tenha tido a oportunidade de, pela primeira vez, ultrapassar, nessa qualidade, as paredes da minha casa e os diálogos com um outro «Eu» que, depois de ler aquele e outros escritos meus, se passou a intitular de «Eu2»... Foi há cerca de 14 anos... Como o tempo passa... Espero encontrá-lo e, dessa forma, esclarecer o Outro Eu.

Eu ou, melhor, Eu1, por união sagrada ao Eu2 (o próprio e não o Outro)

Armando S. Sousa disse...

Poderão eventualmente, partilhar a mesma emoção, excepto que a criança, vê a cores, mesmo as emoções mais negras.

Comentei alguns post's anteriores, é irrelevante dizer, que escreves quanto queres.

O P. também tem veia.
Uma beijola.

Anónimo disse...

A resposta é definitivamente SIM. A resposta é de quem vive diariamente com tão belos seres e que em cada dia é por eles agradavelmente supreendida.

Anónimo disse...

Não sei é difícil relacionar os sentimentos de um cão com o de uma menina.

Mas acho que sim!
já agora ficam a saber que aquele lindo cão é um bloodhound - famoso cão de busca da criminologia real e fictícia.
Beijos. Do Gui 9 anos, amigo dos seus maracujás e especialista em cães.

Passiflora Maré disse...

Obrigada Armando, os teus olhos são um pouco suspeitos.
Obrigada Gui, de 9 anos, pela amizade com os meus maracujás. Eles também agradecem.