quinta-feira, 24 de abril de 2008

Liberdade


Estamos à espera.
Expectantes. Em correria...
Não esqueceremos o dia de amanhã...
Essa manhã clara, como disse Sophia...

3 comentários:

Princesa Pat disse...

Liberdade... este ano vou gozar a minha trabalhando em prol da dos outros..no cimo da minha torre altaneira.Não encontrei cravos, mas "roubei" um jarro num jardim,a minha flor favorita...amores perfeitos são pra r...

Anónimo disse...

"Et par le pouvoir d´un nom
Je recommence ma vie
Je suis né pour te connaître,
Pour te
Nommer
LIBERTÈ"

( Paul Èluard, um poeta da liberdade, que a minha "sotôra" de francês nos fez descobrir logo depois da permissão dos Capitães de Abril...)
Bj.
C. ( EN)

Guilherme Salem disse...

Querida C. ainda bm que trouxeste aqui o Paul Èluard e esse poema...e bem haja para a "sôtora" de francês. Sem telemóvel e sem adolescentes cretinos e "morangueiros" à mistura. Beijo Gui