domingo, 1 de junho de 2008

Pérolas de Cultura


Respostas de Alunos em Exames

> 1) Galileu (1564-1642) foi condenado à morte porque foi o 1º a fazer a terra andar à volta.
> 2) Um braço de mar é um pedaço de mar em forma de braço.
> 3) O exemplo do Titanic serve para demonstrar a agressividade dos icebergs.
> 4) Os 4 pontos cardeais são a direita, a esquerda, em baixo e em cima.
> 5) A França tem 60 milhões de habitantes entre os quais muitos animais.
> 6) A 2ª guerra mundial foi um período de paz e de prosperidade para a Alemanha.
> 7) A 11 de Novembro, ao comemorar-se o Armistício da 1ª guerra mundial, o presidente condecora os pais do soldado desconhecido.
> 8) Na guerra de 1914 a 1918, os soldados morriam várias vezes, primeiro por causa das bombas, e depois porque lhes davam lama para comer.
> 9) Os rios correm sempre no sentido da água.
> 10) Um quadrado é um rectângulo que tem um ângulo direito em todos os lados.
> 11) Um quadrado é um rectângulo um pouco mais curto.
> 12) O zero é o único número que permite contar até 1.
> 13) Um septuagenário é um losango de 7 lados.
> 14) Todos os números pares podem dividir-se por zero.
> 15) Uma linha recta torna-se curva quando vira.
> 16) Um compasso utiliza-se para medir os ângulos do círculo.
> 17) Uma raiz quadrada é uma raiz com 4 ângulos iguais.
> 18) Os chineses utilizam as suas bolas para fazer contas.
> 19) Para fazer uma divisão, é preciso multiplicar uma subtracção .
> 20) O álcool permite tornar a água potável.
> 21) Uma tonelada pesa pelo menos 100 Kg, se ela for pesada.
> 22) O desembarque na Normandia teve lugar nas praias de Inglaterra.
> 23) A primeira guerra mundial fez uma dezena de mortos mas só do lado alemão.
> 24) As bombas atómicas são inofensivas quando servem para fabricar electricidade.
> 25) Se não se estragassem, as máquinas não seriam humanas.
> 26) Um relógio divide-se em 12 fusos horários de igual intensidade.
> 27) Arquimedes foi o 1º a provar que uma banheira podia flutuar.
> 28) A datação com o carbono 14 permite saber se alguém morreu na guerra.
> 29) No cinema mudo, os actores falavam com palavras que escreviam por baixo dos filmes.
> 30) O cinema era uma energia ainda desconhecida no século XIX.
> 31) Um litro de água a 20ºC + um litro de água a 20ºC = 2 litros de água a 40ºC.
> 32) Os agricultores, nem sempre foram pessoas coléricas que queimavam pneus e batatas.
> 33) Uma língua morta é uma língua que só é falada pelos mortos.
> 34) Victor Hugo escrevia livros para os pobres miseráveis.
> 35) Em todos os quadros pintados vê-se bem que Napoleão escondia a sua grande barriga com a mão.
> 36) A gramática não serve para nada porque é muito difícil de perceber.
> 37) Napoleão é sobrinho do seu avô.
> 38) Antes da guilhotina, os condenados à morte eram executados na cadeira eléctrica.
> 39) A guerra dos 100 anos durou de 1914 a 1918.
> 40) Uma biblioteca é como um cemitério para os livros velhos.
> 41) Nero servia-se dos cristãos para fazer lâmpadas, ateando-lhes fogo.
> 42) A leitura permite ao homem tornar-se míope...
> 43) Os latinos falavam o grego antigo.
> 44) A leitura é feita para aqueles que não gostam de escrever.
> 45) O livro de bolso foi inventado por Gutenberg.


E NOS BOLETINS ESCOLARES, ESCRITOS PELOS PROFESSORES:
> 'Chegou ao fundo, mas continua a escavar....'
> 'Em progressos rápidos para o zero absoluto! '
> 'Tem as pretensões de um cavalo de corrida e os resultados de um burro.'
> 'Participa muito... No bom ambiente da turma.'
> 'Por vezes volta-se para olhar para o quadro.'
> 'Dorme na aula, sobre o teclado ou o tapete do rato, segundo a urgência.'
> 'Só acorda para ir tomar café ao intervalo.'
> 'Alguns progressos, mas continua nulo.'
> 'Por vezes deixa de ir tomar café para ir às aulas.'
> 'Faz enormes esforços... Para se aproximar da janela.'
> Num boletim de 12º ano: 'Sabe ler, em breve saberá escrever.'

6 comentários:

Anabela Magalhães disse...

Pena que cada um de nós, professores, não guarde estas pérolas quando elas surgem quantas vezes de forma inesperada.
Li atentamente e há aqui algumas... soberbas!

Elsa C. disse...

Tenho que admitir que até no erro pode haver criatividade!
Grata pelos minutos de Riso.

Anónimo disse...

Saborosas as azelhices!!
O Eu do Espelho

Armando S. Sousa disse...

Com tanta criatividade o futuro das belas-artes, não será problema.

Penso também, que muitas das respostas estão ao nível dos respectivos professores.

Mais não digo.

Anabela Magalhães disse...

De muito poucos, acredito.
Acredito. E mais não digo.

Anónimo disse...

... A propósito...
Para uma resposta conveniente é preciso que a pergunta também seja
formulada de forma conveniente (ou não dúbia):

Divisão:
Professor: - O que devo fazer para repartir 11 batatas por 7 pessoas?
Aluno: - Puré de batata, senhor professor!



Verbos:
Professor: - Se és tu a cantar, dizes: 'eu canto'. Se for o teu irmão que canta, como é que dizes?
Aluno: - Cala a boca, Alberto.


Castigos:
- 'Stora', alguém pode ser castigado por uma coisa que não fez?

- Não.
- Fixe. É que eu não fiz os trabalhos de casa.


Verbos:
Professor: - Joaquim, diga o presente do indicativo do verbo caminhar.
Aluno: - Eu caminho... ah... ...tu caminhas...ah...ele caminha...

Professor: - Mais depressa!
Aluno: - Nós corremos, vós correis, eles correm!


Professor: - Chovia que tempo é?
Aluno: - É tempo muito mau, senhor professor.


Professor: - De onde vem a electricidade?

Aluno: - Do Jardim Zoológico!
Professor: - Do Jardim Zoológico?
Aluno: - Pois! O meu pai, quando falta a luz em casa, diz sempre: 'Aqueles camelos...'.


Ciências:
Professor: - Quantos corações temos nós?

Aluno: - Dois, senhor professor.
Professor: - Dois!?
Aluno: - Sim, o meu e o seu!


Dois alunos chegam tarde à escola e justificam-se:
1º Aluno: - Acordei tarde, senhor professor! Sonhei que fui à Polinésia e demorou muito a viagem.

Professor: - Então e tu!
2º Aluno: -E eu fui esperá-lo ao aeroporto!


Professor: - Pode dizer-me o nome de cinco coisas que contenham leite?
Aluno: - Sim, senhor professor: Um queijo e quatro vacas.



Um aluno de Direito a fazer um exame oral:
Professor: - O que é uma fraude?
Aluno: - É o que o sr. professor está a fazer.
Professor: - (O professor muito indignado) Ora essa, explique-se...

Aluno: - Segundo o Código Penal comete fraude todo aquele que se aproveita da ignorância do outro para o prejudicar!!

EU