quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

The show must go on












Glória a uma India de mil e um horrores, a um defunto bem amado, a um Jackman inspirado, a um Sean Penn de outro mundo, a uma Winslet finalmente justiçada, a uma Penélope endiabrada, a um Danny Boyle surrealista...
The show must go on...


5 comentários:

Guilherme Salem disse...

Who cares about Kate ? será que ainda há gente que aguenta ver a cara, rabo e mais que seja desta fulana ? que tipa insuportável. perdoa César.

César Paulo Salema disse...

Tás perdoado. Sabes que eu preferia a Streep, nossa cúmplice, mas eu já sabia que ia ser o ano da KATE...

Guilherme Salem disse...

E não é que, após Oscar, a tipa diz que não volta a despir-se em filmes ? who cares ? haverá algo da sua intimidade fisica que não seja conhecido ? boa altura para colocar a roupa onde deve estar.

C (en) disse...

Pois eu, que não assisti aos òscares, só me decepcionei com aquela coisa do "desapear" do George daquela esfera do "mais sexy" pro aquele eu está abraçado ao òscar e que dizem ( as más línguas, que não eu) ser apenas um "camião TIR de testosterona."

Bj.
Oi, GUI.

C ( EN)

Guilherme Salem disse...

Um Beijo C (EN)...sempre tu.
Tens razão no que dizes a meu ver.
O George é galáxias avante daquele tir de testosterona que pouco, ou nada vale, além disso (que não é nada)