sexta-feira, 29 de abril de 2011

Petra e o avô

- Avô, contas-me aquela história?

7 comentários:

R. disse...

Sabes, ontem à noite pus-me a contar histórias da minha avó... Fico tão feliz por tê-la pertinho, por poder ouvi-la quando me apetece...

Anónimo disse...

Sabes Petra isto que te vou contar não é uma história.

Hoje é um dia grande! feliz! e mesmo com chuva nada impede a Flor que costumas ler neste blog de ser feliz!

Porquê avô?

Porque hoje o botão do caule da Flor, o seu tesouro azul vem a casa uns dias de férias. E ela está muito feliz!

Porquê avô?

Porque uma mãe só está realmente completa quando tem consigo os seus filhos....

Está bem avô!
Também estou feliz pela Flor!


Petra !
Avô!
Estou mesmo feliz .
Estou mesmo completa !
Porque nada me falta... com o meu tesouro vem tudo...

Tenho nome de Flor

ManelZé disse...

Também fico feliz, Flor, por esta imagem a fazer feliz

Anónimo disse...

Obrigada ManelZé fico sempre feliz com as suas belas fotografias .
Mas esta tocou-me mais! parece-me mais real.
Tem algo de diferente .
E, foi com muito gosto que agradeci à Petra e ao Avô por terem participado nesta minha doce e meiga alegria.

Tenho nome de Flor

Petra Maré disse...

Obrigada Flor, por me contares a tua felicidade que eu já conhecço.
Eu posso, ou não, ser esta Petra!
As histórias do avô, são sempre frescas e sábias.
Flor, a Petra que, ora, responde é uma outra dimensão da Passi.
BJS.
Preciso de me apressar a ser Passi...

Carmo disse...

Que bom Flor
Aproveite bem tudo o que puder...
pois quando nos damos conta de muitas coisas já é tarde... Felizmente acho que, na generalidade, os pais (e talvez em especial as mães na nossa cultura ainda!) sabem melhor que os filhos mostrar o que sentem... mostre-lhe bem, não deixe nada por fazer.
Um abraço para si, enternecido

Anónimo disse...

beijinhos a todos
:)tenho nome de Flor