terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Direito da Família

O noivo escreveu um poema para noiva um pouco antes do casamento:

Que feliz sou eu, meu amor!*

Já, já estaremos casados,* 
O café da manhã na cama,*
Um bom suco e um pão torrado*
Com ovos bem mexidinhos*
Tudo pronto bem cedinho*
Depois irei para o trabalho*
E você para o mercado*
Daí você corre p'ra casa*
Rapidinho arruma tudo*
E corre pro seu trabalho*
Para começar o seu turno*

Você sabe que de noite*
Gosto de jantar bem cedo*
De ver você bem bonita*
Alegre e sorridente*

Pela noite mini-sséries*
Cineminha bem barato*
Nada, nada de shoppings*
Nem de restaurantes caros*

Você vai cozinhar p'ra mim*
Comidinhas bem caseiras*
Pois não sou dessas pessoas*
Que gosta de comer besteiras....*

Você não acha, querida*
Que esses dias serão gloriosos?*
Não se esqueça, meu amor*
Que logo seremos esposos!*

Como resposta, a noiva escreveu um poema para o noivo

Que sincero meu amor!*
Que oportunas tuas palavras!*
Esperas tanto de mim*
Que me sinto intimidada*

Não sei fazer ovo mexido*
Como sua mãe adorada,*
Meu pão torrado se queima*
De cozinha não sei nada!*

Gosto muito de dormir*
Até tarde, relaxada*
Ir ao shopping fazer compras*
Com o Visa tarja dourada*

Sair com minhas amigas,*
Comprar só roupa de marca*
Sapatos só exclusivos*
E as lingeries mais caras*

Pense bem, que ainda há tempo*
A igreja não está paga*
Eu devolvo meu vestido*
E você seu fato de gala*

E domingo bem cedinho*
Prá começar a semana,*
Ponha aviso num jornal*
Com letras bem destacadas:

HOMEM JOVEM E BONITO*
PROCURA ESCRAVA BEM LERDA*
PORQUE A EX-FUTURA ESPOSA*
DECIDIU MANDÁ-LO À M...A!*

4 comentários:

Anónimo disse...

Então, as melhoras, to bothh.

Bj.
C(en)

César Paulo Salema disse...

a fazer por isso... Thanks...

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

hehehe... demais!!!

Guilherme Salem disse...

Raio de Fadistas.... Morramm todas e todos. ESTOU FARTO. Credo, nascem fadistas como nasce erva daninha. Talvez seja tempo de reconsiderar o fado.Agora que é património mundial....hellas... que coisa bonita...e coisa que nunca ninguem gostou...mas hoje todos adoram...cambada de hipócritas.
Eu, teria o fado fora do património imaterial da Humanidsade...,nem vejo que valha isso...só a pobre3za portuguesa se entrega a esta prostituição internacional e institucionalizada. Mas o fado lá precisa disto? e eu que acho que o marido pode, e dev dar uma par de bofetadas na mulher quando ela se armar em esperta, sou um porco machista e um porco cancioneiro..
Meus...Batam nas mulheres, cantem coisas alentejanas horrorosas ( tipo o rama que linda rama)e espanquem as putas das filhas que vão para as discotecas vestidas disso mesmo e comportam-se como tal.
E depois, queixem-se que há um senhor que as tratou mal...OLHEM PARA ELAS ANTES DE SAIREM DE CASA TANSOS E ANORMAIS IRRESPOSVAEIS. Qualquer dia os paizinhos estão a fazer os papeis dos meninos nos morangos e nem se nota a diferença.