quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Lupi (A minha irmã caçula).



Nasceu rosada.
Madrugou risonha
E cheia de graça.
Amanheceu belíssima
E Sem amarras.
Chegou às nove horas fresca
E independente.
Foi mãe por volta das dez horas
E continua muito bela.
Espero que viva todo o dia.
Todos os minutos de todas
As horas que lhe foram concedidas.

5 comentários:

Armando S. Sousa disse...

Acabei de falar com a Lupi, exactamente para lhe dar os parabéns.
Tudo o que escreves é sobre ela é a realidade.
Um beijo para as duas.

CLAP!CLAP!CLAP! disse...

Felicidades.
Já tamos com o relógio aferido.Obg pelo reparo.
Acho que, tal como os condutores inexperientes,também os blogers deveriam ter colado nas trazeiras o famigerado autocolante amarelo "90"!
ahahaa

Passiflora Maré disse...

certeiros os dois!
Um beijo para ambos.
:)

marrafinha disse...

Minha linda muito obrigada por este pequeno momento. Adorei.
Um grande beijo.

Anabela Magalhães disse...

Parabéns a toda a família. ESpeciais para a Lupi.