segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Dádiva...


5 comentários:

Anónimo disse...

Aqui as palavras sao desnecessarias.
F.

Anónimo disse...

Poema de Aniversário
Procurei no dicionário,
Com paciência e cuidado,
O real significado
Da palavra aniversário.
Aquele livro pesado,
Mestre dos visionários,
"Pai dos burros" batizado,
Pareceu-me sectário,
Ao responder meu chamado.
Deveras decepcionado,
Joguei o meu dicionário
Na estante, empoeirado,
Para pregar, solitário,
O meu significado
Da palavra aniversário.
Diz assim, o verbete lendário,
Ontem, por mim criado:
"Aniversário: Espécie de relicário,
Muitíssimo bem guardado
Nas folhas do meu diário,
Dos versos que eu escrevi,
Com todo amor, e não li,
Durante o ano passado."



Carlos Eduardo Drummond

António Manuel - Tómanel disse...

Muito bonito e de boa leitura.
Um abraço cá do Algarve: http://umraiodeluzefezseluz.blogspot.com

Anónimo disse...

Muitos, muitos PARABÉNs, meu velho!
Um beijo grande e votos de um grande ano.

C (en)

César Paulo Salema disse...

OBG C.....................